Lugar remoto de mitos pessoais, onde se vivem e guardam as vontades na sua essência...

02
Jul 08

O teu corpo esvoaça como organza e eu solto-me nessa textura sedosa, que é igual à minha, daí eu saber a tendência dos seus movimentos e atingir o ritmo, invado um cenário onde  te encontro absorto com um olhar impenetrável, que eu adoro, e pairo junto a ti, digo-te em segredo algo que ainda não sabes e que te distrai e leva para um outro qualquer sitio que não conseguirás recordar por ser único.

 

 

publicado por mitho às 14:32

Ao ler-te senti-me transportar para uma dimensão que apenas os anjos conhecem.
Os teus segredos, por profundos que são, fazem-me sentir vertigens e perder a noção do tempo.
Afinal, és uma caixinha de surpresas.
Adoro-te, assim como és.
Francis a 2 de Julho de 2008 às 23:06

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25

27
28
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO