Lugar remoto de mitos pessoais, onde se vivem e guardam as vontades na sua essência...

18
Mai 08

Tens um olho que me vê quando tu não estás.

publicado por mitho às 14:10

Mesmo longe, podemos estar perto.
O sentimento, o sentir, não têm barreiras temporais.
O "olho" é a percepção e o sentimento que sendo mútuos, unificam-se, e fazem com que haja unidade na dualidade.
Será por isso que conhecemos aqueles de quem gostamos? Sim!
Francis a 18 de Maio de 2008 às 21:24

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
15
17

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO